Ícone do site Black Friday 2021

Tudo que você precisa saber sobre a Black Friday

Tudo que você precisa saber sobra a Black Friday

Você com certeza já ouviu falar da sexta-feira mais famosa do mundo! Com grandes promoções tanto nas lojas físicas quanto onlines, a Black Friday se tornou uma das principais datas para o comércio mundial.

Imagine um dia inteiro dedicado às promoções, descontos e o que há de melhor: produtos bons com preços ainda melhores! Ninguém resiste, não é mesmo?

Mas você sabe qual a origem da Black Friday? Como ela chegou no Brasil? Quem participa dessa data e quais cuidados você deve ter ao consumir neste dia tão esperado? Continue a leitura para descobrir!

Black Friday: a origem de tudo

A Black Friday, como a data que conhecemos hoje, originou-se nos Estados Unidos. Celebrado sempre no dia seguinte ao feriado de Ações de Graças, na quarta sexta-feira do mês de novembro, a data surgiu como uma abertura para a temporada de compras natalinas com grandes promoções e descontos.

No Brasil, essa data que hoje é tão importante para o comércio e varejo nacional, foi introduzida há 10 anos, pelo publicitário e empreendedor Pedro Eugenio, que soma mais de 20 anos de atuação no mercado digital. 

No primeiro ano da Black Friday no Brasil, apenas cerca de 50 lojas participaram do evento, arrecadando cerca de R$ 3 milhões na venda de produtos. Já no ano seguinte, o sucesso foi tanto que fez com que tivesse um aumento em 88%, alcançando a marca de R$ 100 milhões.

A partir de então, a data não parou de crescer. Na última edição, em 2019, o comércio eletrônico bateu todos os recordes, faturando 20% a mais do que no ano anterior. Segundo a Ebit|Nielsen, empresa de pesquisa de mercado e monitoramento de dados, o varejo online brasileiro faturou aproximadamente R$ 3,2 bilhões.

Isso mostra como a data já entrou para o calendário brasileiro, fazendo parte das expectativas de todo mundo, tanto das lojas e varejos online quanto dos próprios compradores. No final, todo mundo sai ganhando.

Quem participa da Black Friday?

A Black Friday chegou ao Brasil prioritariamente nas lojas de varejo com vendas online, tanto que ainda hoje é onde se encontra o maior faturamento da data. Entretanto, como já sabemos, o sucesso foi tanto que expandiu para as lojas físicas, independente do tamanho e do segmento.

Atualmente, qualquer empresa ou negócio encara a Black Friday como uma oportunidade de faturar mais, chegando até mesmo às empresas B2B e pequenos negócios. Afinal, a data fica apenas atrás do Natal quando falamos sobre o faturamento final e os lucros obtidos. 

O que o brasileiro mais compra na Black Friday?

Os artigos e produtos eletrônicos saem disparados na frente quando falamos sobre as vendas na Black Friday. Podemos atribuir isso aos valores mais elevados e, quando pensamos em porcentagens de descontos, eles acabam também sendo maiores.

Smartphones, videogames, notebooks… e não pense que os eletrodomésticos ficam para trás: geladeira, fogão, máquina de lavar. Normalmente, estes são os primeiros produtos a esgotarem. 

Afinal, sabemos como muitas pessoas se planejam financeiramente para esse momento, guardando e separando dinheiro durante todo o ano para aproveitar ao máximo os maiores descontos.

Como aproveitar Black Friday no seu negócio?

Anteriormente, o que era apenas um dia de grandes promoções transformou-se em um fim de semana. Em alguns lugares, vemos até o mês de ofertas da Black Friday. Apesar da sexta-feira ainda ser o principal dia e o que mais concentra as grandes promoções e vendas, muitas empresas aproveitam o embalo para estender a data e faturar ainda mais.

Este ano, por conta da pandemia global, devemos pensar em duas questões diferentes em relação à Black Friday. A primeira delas é que, no Brasil, por conta do elevado índice de desemprego e a atual situação em que muitos se encontram, poderíamos pensar que essa data não terá tanta relevância quanto nos anos anteriores.

Entretanto, o que temos visto é um pouco diferente. A verdade é que, durante estes meses da quarentena, a expansão do comércio online mostrou às empresas onde estavam as grandes oportunidades. Afinal, o e-commerce brasileiro cresceu mais de 130% em menos de quatro meses.

Uma coisa que as empresas devem avaliar, entretanto, é que o número de lojas exclusivamente online cresceu cerca de 40%. Ou seja, podemos pensar que a concorrência será maior, sendo necessário investir em boas estratégias para trazer ainda melhores resultados para a sua empresa.

A grande questão é que, independentemente do segmento ou tamanho da sua empresa ou negócio, a Black Friday sempre aparece como uma boa oportunidade para acelerar os seus lucros, realizando uma quantidade de vendas que podem ser comparadas basicamente à mesma margem de lucro que no restante do ano – tirando apenas, como já vimos, o Natal.

Por isso, aproveite esta oportunidade da melhor maneira que puder! Foque no seu nicho, principalmente se você vender produtos mais personalizados e nichados, vá atrás de boas estratégias e coloque a mão na massa!

Aqui na Black Friday, nós sempre estamos disponibilizando conteúdos importantes que podem trazer cada vez técnicas e estratégias que você pode adotar durante essa data tão importante. É o momento de preparar a sua empresa para este momento. Bons negócios!

Sair da versão mobile